27 de ago de 2015

FILME: LINDA DE MORRER


Adoro terças e quartas porque sempre são dias de promoções no cinema mais perto da minha casa, como tava de bobeira nessa ultima terça resolvi ir ver o novo filme brasileiro, uma comédia claro! Como de costume venho fazer minhas resenhas aqui categorizadas em base nenhuma, porque sou apenas uma telespectadora que dá palpite demais, haha, mas na real é que detestei o filme, e este é o Linda de morrer, que tem uma brilhante atuação de Glória Pires, porém um péssimo enrendo.
Comecem me perdoando se conter spoilers, mas é que sou uma pessoa difícil de narração, ainda mais pra narrar uma coisa que eu não posso falar, meio louco, mas enfim. O Filme conta a história de uma mulher rica, bem sucedida, autoritária e egoísta que passa sua vida procurando a cura das celulites, até que um dia ela encontra, mas esse remédio ''milagroso'' que atende pelo nome de milagra começa a apresentar reações que leva essa ''super mulher'' a morte. Então começa toda sua busca para mostrar que o remédio não funciona, mesmo em morte. Nisso ela conta com rapaz que a ajuda, então começa o desenrolar um enredo tão fraco que parecia aqueles seriados infantis que já sabemos a próxima cena de tão previsível.

Realmente temos um elenco de primeira, uma risada até legal, mas em relação à história do filme em si acredito que faltou um pouco mais, mais inclusive de filme, achei que acabou muito rápido, dura apenas 81 minutos. Mas diante de tudo isso consegui tirar coisas boas rs.
Como a personagem da Glória Pires morre logo no início do filme ela passa o resto do enrendo com a mesma roupa do seu ultimo suspiro e isso realmente encanta, porque estamos diante de um vestido incrível, parece que foi costurado no corpo dela, que está com tudo em cima, hein? A cor é um bordô bonito, uma drapeado sutil e uma transparência maravilhosa nas costas. parabéns pro tule bem ilusion, porque foi bem discreto mesmo. Ah, o vestido é da Alphorria, desenvolvido especialmente para Glória!

Outra coisa legal de se ver no filme é a sintonia de mãe e filha nas cenas, Antonia Morais, filha (de verdade) de Glória interpreta sua filha no filme também, não sei se elas são ótimas atrizes mesmo ou se a sintonia mãe e filha ajudou, porque as duas estavam afinadíssimas!
Ah o filme também conta com a atuação sensacional de Suzana Vieira. pra mim não vale a pena ver no cinema, mas fiquem a vontade :)

Aline Paulino.



Nenhum comentário:

Postar um comentário