14 de jul de 2015

ELIE SAAB E ZUHAIR MURAD NA ALTA COSTURA DE PARIS INVERNO 2016

Se famosa fosse e me fizessem uma proposta pra usar só uma marca na vida todos em red carpets seria Elie Saab, ainda não compreendendo minha ligação com a marca, mas deve ser toda a delicadeza e riqueza envolvida.

Como no post passado prometi que voltaria com os detalhes dos meus desfiles preferidos cá estou eu pra ilustrar esse blog que vos fala com obras de arte de Elie Saab e Zuhair Murad, acompanhem.

Elie Saab
Vamos começar por Elie, é incrível como esse estilista consegue manter sua identidade tão nítida e mesmo assim surpreender. Em meio a canutilhos, pedrarias, bordados e tecido fino finíssimo o estilista consegue atrair o desejo que muita mulher, viu? Eu mesma não tendo condições de um desses, buscarei inspiração no meu vestido de casamento :P

Zuhair Murad
Depois da leva de princesísmos, leves e clarinhos, vamos ao imperiosos, fortes e presenciais. Adorei esse marsala todo bordado e com segunda pele de pele mesmo. Os estampados não sei porque, mas acho a cara de Cannes, veremos nas próximas temporadas, aposto! E esse modelo noiva (sim, as marcas na temporada de alta costura desenvolvem seu modelo noiva) ainda não consegui digerir tanta beleza, e com um diferencial: dourado no lugar do branco. Gostei e vocês?
Agora temos Zuhair Murad, um estilista Líbano que consegue ficar bem na linha tênue entre o sensível e o sexy. Vamos começar pelos não vestidos, que confesso que gosto bastante, Izabel Goulart extremamente linda nessa jumpsuit que parece que foi desenhado no corpo dela, e logo após esse modelo meio 70's com aberturas largas. Gostei das cores bem invernais e principalmente desse tom de roxo meio vinho, seria uma variação da cor do ano, marsala?
Perceberam a inspiração interestelar? Esses cintinhos de estrelas, pontos de luz e principalmente a estampa do segundo vestido remetendo à uma constelação deixam bem em evidência o tema trabalhado. A noiva mais uma vez bem pomposa e cravejada de pontos luz, que com certeza são cristais caríssimos. Que obra de arte, migos!

Acho importante estamos por dentro de toda essa realidade distante, não só pela informação que nunca é demais, mas pela graciosidade de reconhecer uma celebridade ao vestir um estilista desss, e claro pra ter referência pra levar pra costureira quando precisar :D

Aline Paulino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário