1 de jul de 2014

QUAIS OS LOCAIS QUE MAIS DOÍ PARA FAZER TATUAGEM?

Oi princesas do Espírito Santo, tudo em cima? Folguei domingo e ontem por aqui, huahua. Vamos falar sobre tatuagem hoje, papo seríssimo que tem sido tratado como algo comum hoje em dia, mas não é comum Amanda? Sim é meninas, mas o corpo tem se transformado em algo que não deve, acho lindo tatuagem, já tenho duas, e por experiência própria sei que a sociedade ainda não está tão pronta como imaginava. 
É gente cafona, mal educada e sem respeito ao próximo? Também, mas são pessoas que te veem como princesa, boneca uma coisa que é montada sabe, e que ao descobrir as tatuagens ficaram em estado de espanto, se é para ser assim, preferia não ter, uma de hanne de vez em quando daria jeito, huahua. 
Vamos as dores, incômodos e gritos de "está perto? Não aguento mais". Como já falei aqui tenho duas tatuagens (prometo que o próximo post na tag tatuagem serão sobre elas) uma no braço, acima do cotovelo, e uma na perna. 
No braço, foi a minha primeira tatuagem ela é bem delicada e demorou cerca de 10 minutos para fazer todo o contorno. Por ser uma frase, ela quase que contorna todo o braço, então a tatuagem pegou na parte do braço que não tem melanina, pense, ali doeu para caramba, uma sensação horrível. 
Na perna, minha segunda e meu xodó, ela é enorme e foi puro sofrimento. Eu combinei de ir com o Renan, mas ele não acordou, então fui sozinha, NUNCA, nunca façam isso. Não tinha em quem segurar, para quem reclamar, pedir opinião e gritar. Era eu a maca (coitada, apertei tanto ela) e a minha tatuadora (vocês precisam conhecer ela, ela é incrível). Doeu do inicio ao fim, demorou cerca de uma hora fazendo o contorno e ela parava de vez em quando para eu descansar. Se puderem não faça na região de trás da perna. 
Encontrei esse mapa de onde doí mais, onde incomoda e onde é só cosquinhas, ó
Ou seja, a Amandinha aqui escolheu os piores lugares (muita dor) para se tatuar, e vocês, quem ai tem tatuagem? Em qual parte do corpo? Pretendem fazer mais? Estou super curiosa, me contem. Beijos, fiquem com Deus.

Amanda Paulino.