3 de jan de 2013

TE VEJO DE LONGE



Estou com a tela do computador à uns 10 minutos parada na sua foto abraçando ela, você ta sério como se tivesse olhando diretamente pra mim, como se na hora que foi tirar a foto tivesse pensado em tudo que tivemos e em tudo que você disse que ia acontecer comigo quando eu terminei com você (aconteceu) , então você ficou sério e tirou a foto como se tivesse olhando bem fundo  nos meus olhos, é isso que você está fazendo agora, e é nesse olhar que estou presa e pensando em tudo que poderíamos ter sido, pensando também que poderia ser eu no lugar dela, bem difícil, afinal nunca quis tirar foto  nenhuma com você. Ela está sorrindo, sorriso grande, sorriso que você despertou em mim durante uns 45 dias, afinal quem não sorriria tendo você como companheiro, tão atencioso, amável, por vezes grudento, mas um grude que era sempre suficiente e necessário. Pra falar a verdade esse sorriso dela está começando a me irritar, é chato admitir que você consegue fazer outra pessoa feliz e que além de tudo você é feliz, mas foi por não querer ser egoísta que te deixei livre, sabia que você estaria ali quando eu precisasse e quantas vezes você me mostrou que estava ali, mas eu não te fazia bem e deixei que você partisse para encontrar sua felicidade com outro alguém, e você encontrou, e bem, isso não me deixa menos insatisfeita, mas egoismo é sentimento que não admito sentir. 

Lembro que você me fazia companhia de casa até o trabalho, será que você também faz isso com ela? Você também  passa horas com ela teimando pra ver quem gosta mais? Só agora voltei a atenção para os comentários da foto e vejo que você está chamando ela de feia, você também me chamava assim e como isso me irritava, e para que você saiba estou bem mais irritada agora sabendo que você chama ela da mesma maneira, você está com o cabelo molhado e lembro que isso também me irritava, principalmente quando você queria passar a cabeça no meu rosto e me molhava toda, a blusa que você está usando eu gosto, amava quando você a vestia, amava abraçar você vestido nela. Pelo menos algo que não me irrite eu consegui achar nessa foto, e em meio a tantas irritações percebi o quanto EU era irritante com você e o quanto me irrita sentir tanto a SUA falta.





Nenhum comentário:

Postar um comentário