4 de out de 2012

MEUS DOIS ANOS AO TEU LADO

Eu até já tinha falado para ele que não iria postar nada sobre ele nem nada para ele aqui no blog, mas como fizemos nessa semana 2 anos de namoro e uma leitora super fofa pediu para eu fazer um post de como tudo começou, então decidi fazer um breve texto, vamos lá?

Eu conheci o Carlos Renan na escola que eu estudava, foi tudo totalmente por acaso. Eu estava matriculada para estudar a tarde e ele pela manhã, mas até hoje não entendi direito o motivo dele ter passado para a tarde e o ''pior'' para a mesma sala que eu estudava. Bem, primeiro ano tudo novo, escola nova, pessoas malucas e um fim de namoro doloroso. Tudo de bom eu encontrei na escola, muita gente divertida e um terceiro ano de querer mandar na escola.
Então basicamente agente se conheceu por lá, mas moramos próximo um do outro. Gente, vocês precisam saber disso, a primeira vez que vi o Renan (ou que eu lembro de ter visto) foi em uma aula de biologia e como a gente ainda não tinha farda podia entrar com qualquer blusa, mas a criatura apareceu com uma blusa que tinha um diabinho na frente com a seguinte frase “h-romeu” mas o pior era onde o diabinho estava com a mão, alguém ai imagina? Hehe.

Acredito que foi a partir da segunda semana de aula (e que a gente se conhecia) que ele começou a demonstrar um grande interesse em mim, mas como sempre nem ai para ele. Mas acredito que só deu certo pois aconteceu no tempo certo. Demorou sei lá 1 ano e meio de persistência para acontecer o primeiro beijo, e depois disso não descolamos (tá nem foi exatamente desse jeito) mas.
Tudo começou com uma brincadeira, desde de que conheci o Renan ele é antenado nessas coisas de computador, coisas e tal (ele é técnico, então precisando entra em contato com ele). Ah, e um dia estávamos sem professor na sala e começamos a brincar não lembro de que, mas ai acabou que eu peguei um pendrive dele que também era chaveiro e tinha a chave da casa dele...ele saiu correndo atrás de mim, coisas de meninos sabe? Mas que hoje me faz uma falta. Não  lembro muito bem mas acredito que foi no dia seguinte que ele pediu para ficar comigo a primeira vez... mas eu disse não.
Começamos a conversar bastante por msn (era famosérrimo na época) e viramos uma família, por brincadeirinhas das pessoas da sala de aula, eramos noivo um do outro. Legal em?
Mudei de turno ficamos bem mais distante, comecei a namorar outro garoto (ele parecia muito uma pessoas famosa que gosto, acredito que esse foi o motivo principal por ter aceitado namorar com ele), mas sei que o Renan sofreu muito com isso, e continuo acreditando que  tudo tem seu tempo certo.
Terminei o namoro, mas continuamos distantes, voltei para o turno da tarde, e fiquei pela primeira vez com o Renan (amém). A parte triste é que tive que viajar no dia seguinte para outro estado, quando voltei ele tinha ficado com uma garota, que até hoje acredito que ela seja muita mais bonita que eu. Claro que eu fiquei triste né? Ele sempre dizendo que gostava demais de mim. É como se ele tivesse se vingando, eu sabia que ele gostava de mim e mesmo assim namorei outro garoto, e agora eu gostava dele e ele estava com outra. Complicado,né?
Até que um dia que eu cheguei para ele e falei sobre tudo, se ele gostava de mim porque estava com ela? Então a resposta dele foi algo parecido com isso: ­­- termino com ela se você aceitar namorar comigo. Hehe, no outro dia já estávamos namorando e nisso estamos até hoje.

P.S: Acho que ele vai me matar por contar isso, mas tudo bem. Eu acho que de alguma forma eu consigo convencer as pessoas de algo. Então lancei para ele a idéia de casar no ano de 2012 (esse pensamento era no ano passado,ok?) bem doida, mas tinha o desejo de me casar no dia 12 do mês 12 (dezembro) do ano de 2012 (que minha mãe nunca saiba disso). Pois seria a ultima vez que se repetiria dia, mês e ano com números iguais. Mas acreditem escolhemos até supostas pessoas que seriam nossos padrinhos, confere ai mas não estão formados casais... Yngred, Ana Maria, Renata, Manuela, Adilton, Adeilton (esses ele não queria, mas eu quero), acho que estou esquecendo de muitos outros então, perdão.

P.S: Feliz dois anos ao teu lado, e para vocês conhecerem meu lado romântico (sério eu tenho?) vou mostrar os apelidos mais fofos que o chamo... príncipe, amor, cabeça e muitos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário