2 de out de 2012

COMO ENCONTRAR UM MARIDO

À pedido de leitoras, hoje estou aqui para falar do nosso ponto fraco e ao mesmo tempo fortalecimento de sempre e por que não dizer diário. Mais especificamente recebemos um pedido especial de uma leitora para falarmos onde encontrar um marido. Como consegui-lo diante esse mundo que todos julgam tão infiel e sem caráter? Bom, talvez eu não seja a mais apropriada para falar de casamento, por dois principais motivos: ainda não sou casada e sou muito sonhadora nesse quesito, por isso me desculpem se eu pirar um pouco na batatinha.
O por que do casamento? Casamento não é apenas duas pessoas morarem na mesma casa e dividir suas contas, desejos, sonhos e a mesma cama. Casamento é algo espiritual que os remete união. Acredito que isso é o que nos move na busca incansável por alguém que pense assim como nós.

Porque as mulheres são mais ''antenadas'' nesse lance de casamento? Bem eu não acredito muito nessa ideia. O que temos hoje é a inversão de valores que está dominando tudo, e isso não se aplica somente aos homens, eu por exemplo vivo um exemplo lindo de um namorado super sonhador e com ideais de casar. A questão é que nós mulheres expressamos o nosso sentimentalismo um pouco mais que o homens, por isso pode parecer que as vezes somos as ''loucas do casamento''.

E agora a pergunta que não quer calar: Onde encontrar um marido? Acredito que que a pergunta não seria bem essa, pois o nosso futuro marido pode estar ao nosso lado à anos. Então reformulando. Como encontrar um marido? Agora, entramos no comportamento entre homens e mulheres, e esse assunto é bem diversificado, ou você já viu alguém na vida seguir uma fórmula certinha e regrar sua vida instintivamente? Acredito que não!
Ou seja, você vai encontrar um marido, quando antes essa pessoa se tornar seu melhor amigo. Quando você compreender que a vida não é um perde-ganha entre duas criaturas do sexto oposto. O seu marido certamente não atenderá aos seus quesitos super mira-bolados durantes anos, mas com certeza te levará para sonhar sonhos maiores do que você já imaginou um dia. Você vai encontrá-lo em uma tarde de domingo levando seu cachorro para passear, ou no avião na cadeia ao lado. Isso mesmo naquela viagem que você está fazendo para casa dos seus pais tentando fugir de mais uma se suas desilusões amorosos. Desilusões estas que você nunca estava verdadeiramente de coração aberto. Afinal não seria este o seu marido.

Você vai encontrar alguém para viver o resto da vida, quando parar de culpar alguém pela sua vida. Seu coração vai palpitar um pouco mais forte do que quando você tinha 13 anos e deu seu primeiro beijo quando você deixar-se ser beijada sem caracterizar nenhum método de conquista. Espere que você será conquistada!

Nós mulheres encontraremos um marido quando estivermos pensando em alguma coisa fora do comum, quando nossas cabeças estiverem livres e leves. Afinal, coração preso não desata nenhum nó. Qualquer ser humano encontrará outro louco que aceite dividir sua vida conosco quando nós também aceitarmos viver o agora. Nada de ficar vivendo uma fantasia ilusória movida pela ansiedade daquilo que você nem mesmo sabe o que é. Sabe aquele lance de viver o momento? É isso ai, vai com calma que acabará no altar. Talvez não com um galã de novela de cabelos esvoaçantes, mas com alguém que te faça suspirar e que que te dará um certo medo quando sair de manhã para trabalhar, afinal, nesse momento a sua vida inteira estará fora de casa. O que vai te assegurar é a mesma certeza do sim que um dia vocês deram na frente das pessoas mais importantes de suas vidas.

Não existe um método a seguir, um local de encontro que você encontrará ''vende-se marido'' e ainda ''por encomenda''! Antes de tudo isso você vai sim se decepcionar com outras pessoas, quem sabe até dá alguns ''sins'' por ai, mas certamente sentirá quando chegar sua vez.

Enfim, para as/os casamenteiros de plantão meu conselho: VIVA!







Nenhum comentário:

Postar um comentário