30 de ago de 2012

INVESTIMENTO: AMIGO PORQUINHO



Oi queridos leitores, como já tinha falado antes aqui no blog, vim hoje abrir a aba investimento com força total, bem, como é muito comum o consumismo na adolescência por conta do primeiro trabalho, primeiro salário e então a ação de comprar tudo que tem vontade e não tinha condições antes.
Minha mãe vive falando que o ideal é começar a guardar dinheiro na adolescência, pois você ainda está morando na casa de seus pais, não tem despesas com água, luz entre outros, o seu salário é gasto só por você. E já está  na hora de começar a se organizar e se preparar para o futuro, não acha?
Vamos começar pelo amigo porquinho, um cofre (daqueles que você não consiga arrancar nenhuma moedinha, certo? gaiatinho (a) hehe) pode te ajudar bastante em algumas ocasiões (quem ai nunca passou por um aperto que faltou dinheiro para pagar o cartão de credito?), pode ser para te salvar de problemas financeiros, ou com o intuito de conseguir a grana da tão sonhada viagem. Pode ser com a intenção da compra do apartamento ou um carro. Se você alimentar seu amigo porquinho com apenas R$ 1 ao dia, no final do ano ele terá R$ 365 (dãn?) e poderá te presentear com o tão querido  presentinho de natal.
A poupança: há bancos que te dão a maior segurança na hora de abrir a conta poupança (e acredite tem outros que vão te fazer a cabeça a para abrir uma conta salário), e isso é muito bom (a parte da poupança, hehe) – a confiança que você terá no banco que irá guardar seu dinheiro. O ideal é que você crie o hábito de depositar todos os messes a mesma quantia (ou um valor maior que no mês anterior), e que não faça um saque sempre que tiver interessado por algo.
Anote todas as suas despesas: anote tudo até aquelas da passagem de ônibus. Pode ser em um caderno ou agenda, faça uma planilha (por dia, só funciona se for por dia) numere a planilha com a quantidade de dias do mês, e separe por categorias (alimentação, roupas, presentes, cinema, calçados, despesas fixas (por exemplo, o notebook que foi passelado  em 12 vezes), enfim coloque todas as categorias que você irá utilizar, faça isso durante um mês (hêêê, está começando um mês e dar para todo mundo fazer também), quando o mês acabar você soma todos os seus gastos, diminui de todas as rendas, e veja o resultado, no caso o que sobrou de dinheiro para você.

DICA: com a planilha feita dia-a-dia, vai dar para perceber quais gastos você poderá cortar, então assim você  irá economizar e guardar muito mais.
Os conselhos: quem ai já ouviu aquela velha frase? ''se conselho fosse bom, não se dava se vendia''. Pois bem, conselho é muito bom sim, e acredite tem gente aí pelo mundo cobrando por conselhos. O que escuto muito as pessoas falando: ''quando eu era da sua idade eu pensava da mesma forma que você e todo o meu salário ia para roupas e coisas fúteis, e hoje eu preciso de dinheiro e não tenho''; é triste mas a realidade de muitos jovens (era a minha também, nas resolvi mudar, e vocês vão até perceber na aba compras) com uma idade e salário não muito alto, e já estão endividados e não tem condições para pagar um curso ou algo  que vá influenciar realmente no seu futuro.
Então com tudo isso, alguém ai vai comprar um porquinho ou abrir uma conta poupança? Gente conselho de amigo, vamos fazer isso, juntos, vou ficar aqui contando meu progresso a cada mês, certo? Quero saber do progresso de vocês também, divide aqui comigo? Beijos e espero ter ajudado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário